Prazo Imposto de Renda 2023: Datas e Calendários Oficiais

O prazo do imposto de renda 2023 é crucial para todo e qualquer contribuinte, em virtude da necessidade deste cumprimento sem omissões. Aliás, são incontáveis as novidades para este novo período de declarações.

Acima de qualquer coisa, este quesito precisa ser completado de forma satisfatória, tendo em vista que a complexidade dos dados acaba sendo crucial para quem deixar para o último momento.

Sob essa ótica, elencaremos neste artigo tudo o que você deve ter em mente sobre o Prazo imposto de renda 2023, o cronograma para as restituições e quem tem a obrigações de contribuir com o imposto de renda.

Prazo Imposto de Renda 2023: Datas e Calendários Oficiais
Prazo Imposto de Renda 2023: Datas e Calendários Oficiais

Conteúdo do Artigo

Prazo do imposto de renda 2023

O período de declaração do imposto de renda 2023 geralmente ocorre entre o primeiro dia útil de março até o último dia útil do mês de abril e neste ano de 2023 não será diferente.

Compreenda que este período engloba cada uma das modalidades de declaração e por isso é tão importante separação toda a documentação com antecedência.

Embora o tempo pareça extenso, quem deixa para última hora costuma enfrentar problemas, principalmente quando falta algum dados.

Logo, orientamos que você redobre as atenções quanto aos detalhes e mantenha-se sempre do que é alterado de um ano para outro.

Ainda neste contexto, a principal adequação da Receita Federal condiz com a praticidade da Declaração. Isso porque agora já é possível completar o pagamento das parcelas ou da quitação à vista via PIX.

Outros artigos relacionados que você pode se interessar:

Quem deve declarar o imposto de renda

Similarmente, as regras que evidenciam quem precisa declarar o imposto de renda 2023 permanecem as mesmas para esse ano de 2023, sendo assim vale a pensa considerar se você está ou não dentro do que é conjecturado pela Receita Federal. Confira e compare:

  • Estrangeiros que passaram à ter condição de residente no Brasileiro durante o período-base;
  • Quem alcançou rendimentos tributáveis durante o ano de 2022 de R$ 28.559,70 ou mais;
  • Trabalhadores que obtiveram cerca de 40 mil reais ou mais através de rendimentos não tributáveis;
  • Ganhos com capitação advindos de investimentos em bolsa de valores;
  • Atividade rural que sobressaia o montante anual de R$ 142.798,50;
  • Indivíduos que apresentam bens materiais que somem 300 mil reais ou mais.

Documentos Necessários

Seja para uma nova declaração do Imposto de Renda, para consultar sua solicitação ou ainda para emitir o extrato, há uma lista primordial de documentos que precisa ser considerada por todos os contribuintes. Além disso, também é aconselhado que sempre consulte o regulamento do Imposto de Renda 2023.

Isto forma-se a partir das exigências da Receita Federal. Para tanto, preparamos uma listagem onde você pode acompanhar o que realmente precisa para alcançar seus objetivos principais:

  • RG e CPF do titular;
  • CPF de dependentes diretos, se houver;
  • Certidão de nascimento ou casamento;
  • Demais documentos que comprovem a venda/aluguel de bens;
  • Comprovantes de consórcios, prestações e mensalidades;
  • Investimentos e comprovantes de renda via Extrato do do INSS para imposto de renda 2023, quando houver.

Se você teve investimentos em ações ou FIIS no ano anterior, saiba como declarar ações no imposto de renda 2023 e ficar em dia com a Receita Federal.

Prazos das restituições

As restituições, por sua vez, são parte de um processo muito aguardado por parte majoritária dos contribuintes da Declaração do Imposto de Renda.

Isso acontece por se tratar de forma de proporcionar o reembolso aos contribuintes que pagaram valores acima do que era necessário durante a declaração do imposto de renda.

Isso é bastante comum, porém não se esqueça que sempre que acontece o pagamento indevido ou abaixo do que é exigido, cada contribuinte terá que arcar com as consequências pertinentes.

Prazo Imposto de Renda 2023: Datas e Calendários Oficiais
Prazo Imposto de Renda 2023: Datas e Calendários Oficiais

Dentre elas, destacam-se: impossibilidade de arrecadar empréstimos ou créditos bancários, inaptidão para solicitar bolsas estudantis para o ensino superior, não poder concorrer a vagas em concursos públicos, etc.

Neste sentido, compreender cada etapa deste procedimento mostra-se essencial desde quem precisa conferir a restituição quanto quem já irá recebe-la.

Em primeiro plano, preparamos o calendário de restituição do imposto de renda 2023, ao ponto que você possa consultar e ficar pronto para o dia exato do pagamento. Veja só cada um dos 5 lotes e suas respectivas datas primárias.

  • Lote 1: 31 de maio;
  • Lote 2: 30 de junho;
  • Lote 3: 31 de julho;
  • Lote 4: 31 de agosto;
  • Lote 5: 29 de setembro.

Como pode ser averiguado, cada um dos lotes são definidos para o pagamento no último dia útil do mês. Além disso, aposentados e pensionistas dispõem de prioridade neste processo, da mesma forma que quem se antecipa no pagamento do tributo também tem direito a receber a restituição logo nas primeiras parcelas. Lembre0

Indo mais além, assim como o pagamento do imposto, a vantagem é que quem cadastrar uma chave Pix antecipadamente poderá receber esse benefício em poucos segundos assim que a Receita Federal efetuar a liberação.

Demais, não acha? Disso, saiba também que é possível recuperar seu recibo IRPF 2023, se necessário.

Como consultar prazo Imposto de Renda 2023

Embora o aplicativo da Receita Federal seja bastante funcional, é apenas através do site oficial que você consegue obter informações relevantes quanto as restituições do IRPF 2023.

Logo, de nada adianta estar designados para receber a restituição do Imposto de Renda 2023 se você não souber ao certo qual o dia de seu pagamento. Para tanto, saiba que você pode fazer uma consulta rápida e simples seguindo algumas de nossas dicas descritas no guia abaixo. Veja só:

  1. Primeiramente, acesse o site da Receita Federal do Brasil e procure por “Restituição IRPF” no menu primário;
  2. Se preferir, utilize-se do link direto e ganhe tempo. Basta clicar aqui: http://servicos.receita.fazenda.gov.br/servicos/consrest/atual.app/paginas/mobile/restituicaomobi.asp;
  3. Neste site você encontra um formulário base online já atualizado para o formato referente ao ano de 2021;
  4. Essa opção é destinada apenas às restituições do Imposto de Renda sobre Pessoa Física, então em casos dissemelhantes será preciso optar por outra forma de solicitação;
  5. Dito isso, complete o formulário começando pelo número de CPF;
  6. Em seguida, destaque a sua data de nascimento e o respectivo ano de exercício, que neste caso é 2023 (não confunda com o ano-base);
  7. Posteriormente será obrigatório passar pelo sistema de segurança do portal. Para isso basta que você digite cerca de seis caracteres que ficam escondidos em uma imagem, demonstrando assim que você não é um robô;
  8. Ao adentar na plataforma, navegue pelas opções e selecione “Consultar”;
  9. E pronto!

Nota: quanto mais cedo você realizar a consulta, consequentemente mais rápido alcançará o seu objetivo que é conferir qual o lote onde você está adequado. Lembre-se que sua declaração sempre fica disponível na base de dados da Receita.

5/5 - (1 vote)
Compartilhe seu amor

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *